Cruzeiros no Rio Douro

https://pic.vpackage.net/hoteles/7061_8.jpg https://pic.vpackage.net/hoteles/7061_9.jpg https://pic.vpackage.net/hoteles/7061_10.jpg https://pic.vpackage.net/hoteles/7061_11.jpg https://pic.vpackage.net/hoteles/7061_12.jpg https://pic.vpackage.net/hoteles/7061_13.jpg

Dirección: Porto .

Categoría: Adulto
Rio Douro

Falar do Douro, não é apenas falar de um rio ou de uma região. É muito mais do que isso... é falar toda a sua história e das suas gentes, que o tornam tão especial.

Conhecer o Douro não é apenas visitar a região, é partir numa viagem à descoberta de um lugar único, com uma história, cultura e pessoas únicas.

Existem várias explicações para a origem do nome «Douro». Uma lenda conta que era costume ver-se rolar umas pedritas pequenas e brilhantes, que se veio a descobrir serem de ouro. Há quem diga ainda que o nome se deve à cor barrenta das águas do rio, consequência das grandes quantidades de detritos que as enxurradas arrastavam encostas abaixo e que por serem de um amarelo vivo lhe davam uma cor de ouro. Mas há ainda quem defenda que este nome deriva do latim «Durius», ou seja, «Duro», devido à dureza dos seus contornos tortuosos de escarpas altas e rochosas.

O rio Douro nasce na Serra de Urbión, no norte de Espanha, a cerca de 2000 metros de altitude. É o segundo maior rio de Portugal com um comprimento total de 927 km; em território português, este rio tem apenas 210 km de comprimento e é navegável ao longo de todo esse percurso, graças às cinco barragens que são, hoje em dia, também uma atracção devido ao seu desnível. A Barragem do Carrapatelo tem um desnível no nível da água de 35 metros, um dos maiores desníveis da Europa.

Foi este rio, em tempos muito estreito e perigoso, que trouxe prosperidade à região, visto que era através dele que se fazia o transporte do precioso néctar, o Vinho do Porto. Em séculos passados este rio representava um desafio e um perigo para os que nele navegavam. Estava repleto de fortíssimas correntes e pedras meias submersas. Nessa altura apenas um pequeno barco de madeira – o Rabelo – conseguia navegar nestas águas e fazer o transporte do vinho desde o Vale do Douro até à foz, em cujas margens se situam as cidades do Porto e Vila Nova de Gaia.

Descripción

UMA INCALCULÁVEL BELEZA DO RIO DOURO

Os nossos barcos levam as pessoas a percorrer um caminho inesquecível e a admirarem uma paisagem deslumbrante, calma e incomparável. Quando entramos nos barcos rabelos, e à medida que eles deslizam pelo rio, temos a sensação que nos encontramos num paraíso natural.
Enfim, “corremos” rio acima e vamos encontrar peças raras de uma beleza inconfundível, que deixam saudades e vontade de voltar um dia.

Aprecie as belas paisagens através dos nossos cruzeiros

Como llegar

Cais da Estiva (Porto)